domingo, 20 de fevereiro de 2011

CUIDADO COM O "E NEM"

Nem é a soma de e + não. Assim, "e nem" é redundante quando, na frase, há uma negativa antes.  Nesse caso, o nem rejeita o [e]:
    Não foi nem ficou. / Não faço nem quero.
    Não se anda nem se corre. / Nunca o viu nem verá.
Podemos usar e nem apenas quando não há negativa antes ou quando a expressão equivale a: e nem mesmo, e nem sequer, e muito menos, como reforço ou ênfase:
 Estudavam o dia todo e nem (mesmo, sequer, e muito menos) se lembravam de comer.
 Meu irmão chegou ontem e nem (mesmo, sequer, e muito menos) me telefonou ainda.
 E nem (mesmo, sequer, e muito menos) da própria vida estou seguro. ®Sérgio.

2 comentários:

  1. Oi Sérgio, já te acompanho no Recanto. Agora encontrei o teu blog. Que bom! Gostei muito. Já te adicionei a meus favoritos e te sigo. Abrs Mardilê
    http://www.fremitosdaalma.blogspot.com/

    ResponderExcluir