segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

CONCORDÂNCIA DO VERBO PARECER

Numa locução verbal (combinação de dois verbos: auxiliar + v. principal) as flexões de tempo, modo, número e pessoa se dão nos verbos auxiliares; o chamado principal (ideia da ação verbal), não flexiona e é sempre empregado numa de suas formas nominais.
Entretanto, nas construções formadas pelo verbo parecer + infinitivo, pode-se flexionar o verbo parecer ou o infinitivo que o acompanha:
Flexionando o Verbo Parecer (construção corrente)
   As paredes pareciam estremecer.
   Os astronautas parecem duvidar do que viram.
   Os astros parecem caminhar no firmamento.
   As certezas pareciam ser incertas.
   As borboletas parecem bailar.
Flexionando o Infinitivo (construção literária)
   As paredes parecia estremecerem.
   Os astronautas parece duvidarem do que viram.
   Os astros parece caminharem no firmamento.
   As certezas parecia serem incertas.
   As borboletas parecia bailarem. ®Sérgio.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

NADA A COMENTAR


O ACRÓSTICO

São composições poéticas, nas quais, as letras iniciais, de cada verso, formam uma ideia, uma frase, uma palavra ou um nome. Quando se juntam as letras, tem-se o acróstico propriamente dito, que se lê na vertical, de cima para baixo ou no sentido inverso.
Fazia bem em me dizer
E grata lhe ficaria
Razão porque em verso me dizia
Não ser o bom-bom para si...
A não ser que na pastelaria
Não lho queiram fornecer
D’outro motivo não vi
Ir tal levá-lo a crer.
Não sei mesmo o que pensar
Há fastio para o comer?
Ou não tem massa pr’o comprar?! 
Peço porém me desculpe
Este incorreto poema
Seja bom e não me culpe
Sou estúpida, e tenho pena
O Sr. é muito amável
Aturando esta... pequena...
(Poema de Ofélia Queirós dedicado a Fernando Pessoa)
Se a combinação das letras se processa no meio dos versos, tem-se o acróstico mesóstico; se no fim, o teléstico. Quando as primeiras letras formam o alfabeto, tem-se o abecedárius ou o acróstico alfabético. Se o nome é formado da primeira letra do primeiro verso, da segunda do segundo verso, da terceira do terceiro verso, e assim consecutivamente, tem- se o acróstico cruzado.
O acróstico foi praticado na Antiguidade pelos escritores Gregos e Latinos e na Idade Média pelos monges. Cícero, escritor e filósofo romano, afirmava que os Oráculos Enigmáticos eram organizados em acróstico. No Velho Testamento, podemos encontrar um acróstico, no salmo 118. Na Idade Média, os poetas o empregavam para ocultar, discretamente, o nome da bem-amada. Em português o acróstico apareceu no Cancioneiro Geral (século XVI) e foi praticado por Camões no soneto CCIX, cujo primeiro verso é "Vencido está de amor meu pensamento". No Barroco chegou a ser uma verdadeira mania.
Já foi feito acróstico em prosa, com as letras do começo de cada parágrafo.
O acróstico não passa hoje de um exercício lúdico, isto é, de um jogo, de um divertimento. Entre nós tem sido cultivado esporadicamente, sem maior interesse literário.®Sérgio.
Tópicos Relacionados: (clique no link)

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

BARDO: O TROVADOR DO REINO UNIDO

Atualmente o termo "bardo" é usado como sinônimo de "poeta". Entretanto, originalmente, esse vocábulo significava – entre galeses, irlandeses e escoceses – a espécie de poetas e cantores, que empregavam o talento para elogiar os príncipes e reis, celebrar feitos de guerra e conservar a memória das classes aristocráticas. Alem disso, elaboravam, às vezes, poesia de cunho satírico. Não seria sem razão dizer que o "bardo" correspondia ao "trovador" da poesia trovadoresca.
Lá pelo século VI, alguns brados emigraram para a Betranha francesa, levando seus poemas e canções. Ora prestigiados, ora em desgraça, conseguiram se mantiver até o século XVIII, então reduzidos a condição de vagabundos ou mendigos. ®Sérgio.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

CONCORDÂNCIA DOS VERBOS: FALTAR, BASTAR E SOBRAR

Esses verbos concordam normalmente com o sujeito. Portanto:
   Faltam dois minutos para a meia-noite.
   Falta um minuto para a meia-noite.
   Sobraram muitos doces e salgados na festa.
   Bastam duas crianças para a casa virar do avesso.
   Basta uma criança para a casa virar do avesso.
   Faltam poucos minutos para bater o sinal de saída.
   Faltam duas semanas para terminar a competição.
   Falta uma semana para terminar a competição. ®Sérgio.
Tópicos Relacionados: (clique no link)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

RITUAL PARA REVERTER UM PERÍODO RUIM

Um amigo atravessava um período bastante negativo. Estava mergulhado numa série de problemas sem mais saber como emergir deles. A coisa estava tão feia que ele estava topando qualquer coisa para se salvar. Ele já estava quase apertando o nó da corda quando alguém lhe passou um ritual, que, segundo ele foi "tiro e queda" na reversão do período ruim. Se você também atravessa um período negativo, aí vai a receita do meu amigo:
Prepare o Seguinte Material:
Uma vela branca em um suporte.
Um incenso de patchulli.
Um cobertor.
Um sino.
O Ritual
Encha uma banheira ou bacia (grande) de água com um pouco de sal. Acenda a vela e entre na banheira ou na bacia. Permaneça na banheira o tempo necessário para relaxar. Concentre-se na lavagem de todas as vibrações negativas. Depois, saia da banheira, seque-se e vista uma túnica ou roupão. Segure a vela com uma mão e o sino na outra. No sentido horário visite todos os cômodos da casa, badalando o sino enquanto caminha. Erga a vela diante de cada janela, porta e espelho e em seguida toque o sino, dizendo:
— Trevas! Fujam deste sino e desta vela, que entre o equilíbrio e vá embora a escuridão.
Coloque a vela no suporte, acenda o incenso e espalhe a fumaça lentamente sobre o seu corpo. Deite-se em uma posição confortável e enrole-se no cobertor, deixando apenas o nariz e a boca descobertos, para permitir sua respiração.
Feche os olhos. Relaxe completamente e deixe-se levar às profundezas da terra. À medida que afunda, derrame sua infelicidade e seus sentimentos depressivos na Mãe Terra e no Senhor da Floresta. Se você sentir vontade de chorar, chore, pois lhe fará muito bem.
Agora esvazie sua mente de qualquer pensamento. Deixe seus sentimentos fugirem ao controle da mente consciente, deixe rolar o que tiver que rolar...
Você sentirá então, o abraço da Mãe Terra e a escuridão e a depressão de seu interior começarão a se desintegrar. Uma paz profunda tomará conta de todo o seu ser.
À medida que sente estar dirigindo a mente para pensamentos mais positivos, comece a se livrar do cobertor. Mas saia lentamente de dentro dele, como se fosse um bebê nascendo para um novo mundo. Uma vez livre do cobertor, estique os braços e as pernas. Não se espante se estiver rindo ou chorando de emoção, é bem normal.
Agora dê boas-vindas às mudanças que floresceram dentro de você, e salve-se quem puder! ®Sérgio.